Bem Vindo!

Bem Vindo!

segunda-feira, 20 de abril de 2009

I love you heart.



Peço-vos ( de novo p'ra quem já sabe ), para que quando comentem, assinem, mesmo que não me conheçam, torna-se mais fácil. Agradeço imenso.



Tantos maus hábitos que comigo foste criando. Eu fui deixando, e agora mal dou o braço a torcer, levas tudo para baixo. Deixas-te que o castelo de cartas que estávamos a tentar construir, se desmoronasse. As cartas não se magoaram ao terem caído, mas o meu coração apertou bem forte. Disseste dar-me o que eu precisasse, e até agora deste-me o que menos queria...deste-me dor e tristeza.
Amo-te tanto.
Amo-te tanto… que por vezes nem te quero ver à frente. Disseste também atinar com as tuas más atitudes, e fazes isso! Mas apenas por um dia ou dois, porque no terceiro dia, estás pior do que já eras. Dava tudo para viver de novo o que já vivemos juntos. Eu não jogo a vida para te ter propriamente…eu jogo a vida para ser feliz. Agora vens tu. Queria ser feliz contigo, e sei que me conseguias fazer feliz. Mas também sei que não te esforças o mínimo para tal. Choro a escrever o teu nome no meu braço… as minhas lágrimas borram a tinta da caneta, e o teu nome fica manchado na minha pele, tal como ficas-te manchado no meu coração. Choro a ouvir uma mensagem de voz que me mandaste em que dizias que me amavas. Dizias… já não o dizes. Sinto falta dessa palavra. Digo que não dizes, mas todos os dias a citas… apenas queria que fosse um verdadeiro “Amo-te”, um amo-te disparado do teu coração para o meu. Já nem respeito por mim tens… fazes de mim o teu jogo de dados. É como se apostasses contigo próprio. Mas não quero pensar assim… isso na minha cabeça é algo macabro. Mas que queres tu afinal? Dizes amar-me e no minuto a seguir consegues ser o ser humano mais frio à face da terra. Já nem sei o que fazer a teu respeito. Devo eu esquecer-te de vez… ou devo de lutar por ti à mesma? És incapaz de me por um sorriso na cara. És capaz de me por uma lágrima no olho. Será que nascemos destinados a alguém mesmo? E será que esse ‘alguém’ é o alguém que nos faz mal? Que faço eu se assim for? Terei que sofrer ao teu lado o resto da minha vida? Não quero isso para mim… talvez não me mereças e eu ainda não o percebi. Este é o ultimo batimento do meu coração enquanto te amo e enquanto te quero… espero que o tenhas ouvido bem, e espero que tenhas percebido tudo o que ele te disse… espero que também tenhas visto as feridas que ele tinha. Espero sinceramente que tenhas visto o carregamento de dor que ele suportava, o sangue em excesso que ele produzia, e o amor em demasia que ele criou. O meu coração já não aguenta… tantas vezes oiço-o dizer para me afastar de ti. Ele sofre, logo eu sofro, se com tanto sofrimento ele parar… eu também pararei. Que nunca mais ninguém volte a apertar o que me dá vida. Se calhar afastar-me de ti é o melhor. A partir de hoje… Não te farei mais sofrer, não te farei sangrar de mais, e não te deixarei apaixonares-te por quem não nos merece. Refiro-me a ti coração, tu sim… és quem eu apenas necessito para viver.


Joana.

18 comentários:

  1. Omg. :3
    Eu acho que todos os comentários que faço a respeito dos teus textos começam por " OMG", talvez porque ao inicio nunca tenho palavras. x3

    Tu tens textos incrivelmente bonitos, profundos & originais. Não sei mais o que te dizer, está simplesmente lindo, adorei-o do principio ao fim. Tens talento, lá isso tens. Gosto imenso do que escreves, e espero que nunca pares.

    Este texto está especialmente sentido, talvez porque tentamos aguentar muita coisa por amor, mas será mesmo que vale a pena ? Eu não sei, talvez ninguem saiba. Cada caso é um caso, mas ninguem devia desistir de ser feliz, não acho que seja uma atitude bonita ou justa.

    Enfim, Francisco, Parabens, a sério, adorei, believe. :’)

    Beijinhos. :3

    ResponderEliminar
  2. amei amei amei +.+

    tou mm sem palavras men!!!AMEI mesmo +.+

    owou qiqo =D

    como é q apartir de tao pouco q te disse tu cnseguist ser tao profundo?
    es perfeitinho mm escritor prferido =D

    ahah beijinhOoO

    nc deixes de fazer aqilo q de melhor aprcio em ti ='D

    <3

    juh*

    ResponderEliminar
  3. Kikãooo! Está lindo! *.*

    Sabes, o amor tanto é desejado num momento, como no outro já nos faz sentir ódio de nós mesmos, ou até mesmo da pessoa em questão... O amor é uma mistura de sentimentos... Faz-nos sorrir, como até chorar... Temos de saber lidar com isso, não há como escapar... São correntes que nos prendem, nos faz sentir seguros... Mas no momento a seguir, magoam-nos até sangrar... Fazem feridas que nunca mais fecham... Feridas que ficam e podem abrir em qualquer instante...! Mas sabes que não á luta sem dor... Apanha todas as pedras no teu caminho para mais tarde construires o teu próprio castelo!

    Beijinho Kiko... E sabes que estou aqui para tudo!

    Adoro-te*

    †Annya†

    ResponderEliminar
  4. olha o mu player a revelar-se olha ^^

    keep going metalboy

    Cumps ToneDL ^^ HAHAHA Bjinho :$ xD

    ResponderEliminar
  5. Para variar está fantastico Francisco *

    ResponderEliminar
  6. As tuas palavras transmitem sinceridade.
    Não sei o que dizer :)
    Apenas fiquei sem palavras para descrever !
    Continua, nunca desistas (L)
    Beijo *.*

    ResponderEliminar
  7. merda pa ti kiko.
    só me falta chorar.
    de resto ñ posso dizer mais nada.
    adoro os teus textos man.
    fogoooooo !
    continua (...)

    ResponderEliminar
  8. Foudass, ta muito lindo :D
    Tens imenso jeito mo puts.
    Continua com o bom trabalho!! Tens o meu apoio.


    André Cruz

    ResponderEliminar
  9. Que lindo chichi :$
    fogo, eu odeio esta coisa de ser sensivel e chorar com tudo o que é bonito. Mas fogo, eu identifico-me mesmo com este texto *-*
    Juro-te que até deitei uma lagrimazinha, ainda está aqui na minha cara. Na segunda levo-te num frasquinho, para veres como estou a falar a sério :D
    CASA COMIGO FRANCISCO (a)

    Quando precisares de alguma coisa, já sabes. Pagas no Mec e desabafas comigo :$

    ResponderEliminar
  10. gostei muito desta parte:

    Este é o ultimo batimento do meu coração enquanto te amo e enquanto te quero… espero que o tenhas ouvido bem (...)

    tás lá maninho :)

    Joana

    ResponderEliminar
  11. li o teu comentário só hoje , e desculpa , porque eu não tenho vindo muito ao computador .
    Li o teu texto e quanto a isso não sei se é veridico ou não , não te conheço. Mas posso dizer que o personagem do teu texto deveria realmente afastar-se de alguém que já não o motiva a sorrir . Se esse fores tu , o concelho vai para ti .
    Quanto ao teu comentário , as histórias de amor hoje em dia são MUITO MUITO (!) raras . Conheço alumas bem lindas até , e tens sorte de os teus pais terem uma , os meus separaram-se , e a minha história de amor apenas começou depois de dois anos de amizade , e de um amor escondido . Valeu a pena .
    Poderia dizer-te que a nossa geração será um máximo mas eu espero morrer bem antes de ver isso , porque realmente será uma merda (Desculpa a linguagem) .
    As pessoas hoje em dia usam e abusam como se fossemos brinquedos favoritos que deixam de o ser muito repentinamente , isso é repugnante , e boa , parece que somos dois revoltados nesse campo .
    bjinhos * continua a escrever .

    ResponderEliminar
  12. bem , ainda assim , não sei como ela consegue aguentar .
    o meu mil dou sim mas é bastante estúpido --. fizeram-me porque perdi a pass do outro e pronto .
    mia.gosta.da.ge.e.do.namorado@hotmail.com

    ResponderEliminar
  13. a opinião é realmente importante , os meus textos são mais aqueles que estão nos meus 7 cadernos , um dia publico-os xD
    criei o blog á não muito tempo , e nem sempre tenho inspiração , depois sai-me merdisses daquelas mas enfim .. hoje talvez poste algo DECENTE .

    ResponderEliminar
  14. Fantástico. Não sei como o fazes, mas consegues descrever as coisas ao máximo pormenor, que é como se eu conseguisse entrar no texto e sentir tudo o que nele relatas-te.

    Beijinhos, Daniela Costa.

    ResponderEliminar
  15. Está lindo, kiko. Adorei. Não deixes de escrever, alivia-nos a alma. :')
    anna.

    ResponderEliminar
  16. Ya piolho...
    ESte blog está muito bom...
    Começando pelas coressimples... Preto e branco e a maneira como não desviam do essencial... Os textos... Os textos estao lindos...
    Não sei se algum dia irei escrever assim... Na verdade costumava pnsar que escrevo bem, mas não me parece, agora que leio os tes textos...

    E acaband com a snuff... Que irá ser a melhor musica que ouvi alguma vez para sempre...

    Continua Francico, que eu [ao contrario de certas pessoas] adoro ler os teus textos e comento não porque tu pediste, mas porque sinto-me bem ao lelos, porque fazem-me sentor amor que nunca senti... xD
    vá....
    beijos piolho.

    xXx Aika xXx

    ResponderEliminar
  17. E mais uma vez Kikao deixaste me elevar pelo vento das tuas palavras. Mais uma vez suspirei com as tuas palavras que como eu ja te disse sao MAGNIFICAS.
    Adoro-te amigo <3
    Continua a escrever ;)
    Ass: Pat :D

    ResponderEliminar
  18. O teu texto está lindo :)
    Continua a escrever, tens sucesso :3
    Ass: Didi or KAT x'D
    Beijinhos francisco or fat chourisse x3
    x)

    ResponderEliminar